Já está disponível o décimo texto de análise mensal da execução orçamental, um projeto IPP.

A análise da execução orçamental de julho de 2016 feita para o Observador, “Execução orçamental. Tudo na mesma, fora da Caixa”, pode ser encontrada através deste link.

Na execução orçamental de julho, não houve grandes alterações em relação ao mês anterior. Mas reforçou-se a ideia de que não haverá propriamente consolidação orçamental em 2016. Mantém-se a previsão de um défice global (contabilidade nacional) entre os 2,7% e os 2,9% (descontando os efeitos da recapitalização da Caixa) – acima da previsão do Governo, abaixo do limite dos défices excessivos (3%), mas acima da nova meta proposta (2,5%) pela Comissão.

Destaca-se também a nossa opinião de que a operação de recapitalização da Caixa terá forte impacto no défice a registar e fará com que se volte a não fechar o Procedimento dos Défices Excessivos, voltando a ser concedida a Portugal uma extensão do prazo.

Share →

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *