afirmar_banner

Partilhamos, em exclusivo,  versão completa do capítulo 7 do volume I de Afirmar o Futuro: Políticas Públicas para Portugal, da colectânea dos livros editados pela Fundação Calouste Gulbenkian em parceria com o IPP-Lisbon na sequência do projeto e conferência com o mesmo tema.

Em “Efeitos redistributivos do Programa de Ajustamento em Portugal”, Carlos Farinha Rodrigues faz um diagnóstico das várias dimensões da pobreza e desigualdade, avalia o grau de eficácia relativo das diferentes políticas para redução da pobreza e desigualdade e concretiza com as populações alvo que devem ser prioritárias. No diagnóstico dos efeitos redistributivos do programa de ajustamento Farinha Rodrigues identifica uma redução da pobreza nos idosos, embora subsistam bolsas de pobreza, e um aumento quer nos jovens, nos desempregos e mesmo na população cativa (os working poor). Nas políticas públicas uma melhor seleção de alvos (crianças e jovens, desempregados), e de medidas de política (primazia à atribuição de prestações com base em condições de recursos e não prestações mínimas, por exemplo, pensão mínimas) contribui para aumentar a eficácia destas políticas.

> O livro completo pode ser adquirido junto da Fundação Calouste Gulbenkian.

> Contacte-nos para mais informações aqui.

> Download do capítulo INTEGRAL aqui.

 

> Download do capítulo-PARTE 1 aqui.

Livro Volume 01 - cap 7-PARTE1.pdf

> Download do capítulo-PARTE 2 aqui.

Livro Volume 01 - cap 7-PARTE2.pdf

> Download do capítulo-PARTE 3 aqui.

Livro Volume 01 - cap 7-PARTE3.pdf

> Download do capítulo-PARTE 4 aqui.

Livro Volume 01 - cap 7-PARTE4.pdf
Share →