header site e fb 650

Portugal terminará em breve o programa de ajustamento e a troika sairá do país, mas com a dívida e o desemprego ainda muito elevados. O Documento de Estratégia Orçamental (DEO) recentemente apresentado pelo Governo é uma peça central na decisão sobre a estratégia para as políticas públicas nos próximos anos que serão, sem dúvida, decisivos, mas também muito difíceis e desafiantes para a economia e sociedade portuguesas. Entre cortes e aumentos que alternativas existem? Há alternativas? Acreditamos que sim, e é por isso que o IPP vai promover uma conferência sobre o tema no dia 12 de Maio, no Auditório 2 do ISEG, em Lisboa.

Os vícios e as virtudes do programa de ajustamento e as condições existentes para a consolidação orçamental mantendo a coesão social, serão, certamente, duas questões relevantes neste debate.

Oradores

Hélder Reis, Secretário de Estado Adjunto e do Orçamento, fará uma primeira abordagem do documento, precedendo o debate com Albert Jaeger, representante do Fundo Monetário Internacional (FMI), Óscar Gaspar, assessor económico do Partido Socialista, Paulo Trigo Pereira, professor de finanças públicas do ISEG e presidente do IPP e João Ferreira do Amaral, professor catedrático aposentado do ISEG e Presidente da Mesa da Assembleia Geral do IPP. A moderação deste debate único está a cargo de Luís Ferreira Lopes, editor de economia da SIC. O encerramento da conferência cabe a Ricardo Cabral, vice-reitor da Universidade da Madeira e director do IPP.

programa imagem sem logos_559

 

Share →