Policy Brief n.º11, surge após a divulgação de um recente artigo da autoria de um conjunto de conhecidos economistas franceses e alemães, com propostas de alteração às regras e instituições da zona euro. O presente brief apresenta diversos comentários construtivos a esta proposta franco-alemã, da autoria de três economistas portugueses, nomeadamente Miguel Faria-e-Castro (economista do Federal Reserve Bank of St. Louis), Ricardo Reis (professor da London School of Economics) e Ricardo Cabral (professor da U. Madeira e diretor do Institute of Public Policy).

O Policy Brief foca-se em aspetos macro-financeiros da proposta original onde são discutidas recomendações para melhorar a regulação bancária, a estabilidade dos mercados financeiros e a gestão de crises de solvência da dívida, cuja relevância para Portugal é incontornável. Apesar de extenso debate técnico e político, os autores constatam que os estados membros ainda não conseguiram acordar passos em frente significativos, parecendo sempre faltar condições políticas. “Em 2016, foi o Brexit. Em 2017, eleições em França e na Alemanha. 2018 parece ser uma “janela de oportunidade”, mas um compromisso implementável permanece por alcançar”.

O brief está dividido em três objetivos estratégicos, sendo cada um abordado por um autor diferente.

Através da realização deste Policy Brief, os autores pretendem contribuir para chamar a atenção para a reforma da área euro no debate público em Portugal e assim estimular a reflexão e discussão sobre um tema fundamental e urgente.

Download do Policy Brief aqui

Comentário Franco-Alemã_IPP

Share →